Minha pia, minha vida

Acompanhe

Minha pia, minha vida

O tipo de sujeira da minha pia me traz (ou não) bem-estar. Doidera? Sim. Mas acompanha aqui meu raciocínio.

Estou de dieta. Nada muito radical, apenas algumas restrições de alimentos inflamatórios para tentar controlar melhor a rosácea que me afeta e tem estado ruim nos últimos meses. Mas alguns dos cortes foram alimentos animais gordos. Estou comendo apenas peixes e frutos do mar.

Além da melhora da pele (ufa) e de eu ter desinchado um pouco (consequências da alimentação) a principal diferença que notei na dieta foi minha pia. Muito mais agradável de limpar, tem dias em que só ligo a água quente e nem uso sabão.

A sujeira sai fácil, não gruda, posso deixar esperando algumas horas que o máximo de gordura endurecida que vai ter vai ser de um azeite aqui ou resto de salmão ali. E sabe o que eu penso: minhas veias e organismo devem estar mais limpos também.

Já cozinhou costela de boi? E deixou para lavar a louça depois e a gordura endureceu e virou uma crosta branca grossa e nojenta que você teve que derreter com água fervente ou não ia embora?

Agora imagina isso dentro de você, nas suas veias. Seu corpo não chega a cem graus para derreter aquela gordura toda.

E refrigenrante? Já viu aqueles videos de refrigerante desentupindo privada? Amolecendo ossos? Imaginou isso nas suas frágeis entranhas?

A próxima vez que for lavar a louça pense nisso. Imagina que o que sobrou ali na pia é o que vai estar dentro de você. Talvez ajude a se alimentar melhor. Sei que tem me ajudado muito.

anterior

© Mixirica. Tudo nosso.

Back to Top